Dinâmicas de Grupo

É cada vez mais comum a incorporação de dinâmicas de grupo nos processos seletivos de trabalho. As atividades, quase sempre acompanhadas por psicólogos, visam colocar o candidato num ambiente menos formal e permitir ao recrutador conhecer um pouco mais dos concorrentes as vagas.

Seguem abaixo algumas dicas que lhe ajudarão neste processo:

  • Para se sair bem nas dinâmicas é necessário, antes de qualquer coisa, ser espontâneo. Por mais clichê que o conselho possa parecer, ser você mesmo ainda é a melhor opção a seguir. Não existe fórmulas mágicas para se dar bem, mas sabe-se que agir com naturalidade é a melhor forma de demonstrar ao recrutador seus pontos fortes e qualidades sem pecar por eventuais exageros.
  • Não tenha medo ou vergonha de expor sua opinião. Se por acaso ela não for compatível com o resto do grupo, seja educado e cordial. Mostre que se preocupa com a opinião do outro e seja amistoso.
  • No que refere-se a linguagem, evite o uso de gírias e frases prontas. Cuidado também para não ser prolixo e pomposo. O ideal é que você seja direto e claro em seus pensamentos.
  • Tão importante quanto falar é saber ouvir. Por isso saiba a hora certa em ficar em silêncio.
  • Se a dinâmica propor algum tipo de interação com o grupo, não queira fazer tudo sozinho. As companhias valorizam cada vez mais o trabalho em equipe. Tão importante quanto se mostrar apto para exercer as atividades é se mostrar prestativo para ajudar em eventuais dificuldades.

Por fim vale lembrar, como eu disse antes, a maioria das dinâmicas são realizadas por psicólogos e/ou profissionais experientes. Esse tipo de profissional está apto a perceber não só o que é dito, mas também o que é comunicado sem a necessidade de palavras.

Mantenha-se calmo e relaxado, não deixe os ombros caídos, fique sempre que possível com a planta dos pés no chão e, principalmente, olhe sempre nos olhos do entrevistador/condutor da dinâmica.


por: Thiago Dantas.

You may also like...

Deixe uma resposta