10 perguntas recorrentes em entrevistas de emprego

Como se comportar em entrevistas de emprego

Por mais que entrevistas de emprego sejam experiências únicas e singulares, há algumas questões que estão presentes em quase todas elas.

Listamos abaixo as 10 perguntas mais comuns que os entrevistadores fazem para os candidatos:

1º Fale um pouco sobre você.
Muitos recrutadores preferem começar a entrevista dessa forma e a guiar as próximas perguntas de acordo com a resposta do candidato.

Embora não haja uma única resposta “certa”, é interessante você se apresentar, falar sua idade, onde e com quem mora, sua formação e o que gosta de fazer. De acordo com a receptividade do entrevistador, explane melhor ou fale menos sobre certos pontos.

2º O que você faz com seu tempo livre?
O que realmente interessa não é o que você faz ou o que você deixa de fazer. Tanto faz se você joga futebol ou se prefere basquete. O recrutador está interessado principalmente em verificar suas aptidões, seu desenvolvimento pessoal e como você se relaciona com os outros e com o mundo. Praticar esportes coletivos evidencia o trabalho em equipe. Atividades de voluntariado demonstram proatividade e boa vontade. Realizar atividades físicas e preocupar-se em se desenvolver intelectualmente também contam pontos positivos.

3º Como foi sua trajetória profissional de seu primeiro emprego até agora?
Conte detalhadamente, em ordem cronológica, as atividades exercidas em cada cargo ocupado ao longo de sua carreira. É importante destacar suas realizações e contribuições a empresa, assim como promoções recebidas e mudanças de cargos. Caso esteja pleitando seu primeiro emprego ou tenha pouca experiência, falar sobre as rotinas acadêmicas e sobre suas áreas de interesse também são recursos válidos. Em relação as datas de entrada e saída e também aos motivos de saída de cada empresa o ideal é não se aprofundar, a menos que o entrevistador pergunte.

04º Por qual motivo você deixou seu último emprego?
Jamais, eu disse, jamais deprecie as empresas ou as pessoas com quem já trabalhou. Manter uma postura ética é vital para o sucesso. Se por acaso o motivo de sua saída foi delicado e/ou espinhoso, diga apenas que saiu por possuir ideias distintas em relação aos valores da empresa e que em comum acordo julgaram que era melhor trabalharem separados. É importante demonstrar-se seguro e ausente de mágoas ou ressentimentos. Caso ainda esteja trabalhando, diga que seu interesse é crescer profissional e pessoalmente e que enxerga na vaga a oportunidade perfeita para isso.

05º O que você não gostava em seu último emprego?
Mais uma vez permita que o bom senso fale mais alto. Evite se queixar ou posar de vítima. O ideal é ser positivo em suas colocações e mostrar que, mesmo enfrentando problemas, você sabia como lidar com eles. Deixe o entrevistador ciente que você sabe que nenhuma empresa é perfeita.

06º Você trabalha bem sob pressão?
Não basta dizer sim ou não. É necessário que o recrutador sinta confiança o suficiente para acreditar que você poderá ocupar determinada posição. Para tal, uma boa dica é você usar exemplos já vivenciados em situações assim.

07º Você se considera um profissional atualizado em relação ao mercado de trabalho?
Responda sem titubear que você procura ler sobre suas áreas de interesse, que participa sempre que possível de cursos e palestras e que também realiza ações buscando progredir e se atualizar. Só um detalhe: é preciso que seja tudo verdade.

08º Quais suas principais qualidades? E o que você julga preciso melhorar?
Deixe a modéstia de lado por um segundo e saliente qualidades que correspondam a um bom profissional. Proatividade, entusiasmo, determinação, criatividade, persistência, iniciativa, competência, responsabilidade e dedicação são alguns itens que, caso possua, podem ser mencionados. Se você pesquisou algumas características da empresa previamente, você pode moldar sua resposta de acordo com o que foi descoberto, por exemplo: se você está concorrendo para uma vaga no Departamento de Tecnologia de uma empresa vanguardista, você pode dizer que sua principal qualidade é ser curioso e sempre procurar aprender coisas novas. Quanto aos “defeitos”, seja sincero. Respostas mecânicas do tipo “detalhista”, “perfeccionista” ou “auto crítico” fazem com que o entrevistador tenha desconfiança. Transformar qualidades em defeitos nem sempre é uma boa. Lembre-se que todos nós temos defeitos e que, no fim das contas, mais importante do que mencioná-los é demonstrar sua vontade e mudá-los e as atitudes que pretende adotar para que isso aconteça.

09º Por que eu devo contratá-lo?
Essa talvez seja a pergunta mais complexa de todas. Respostas ensaiadas podem parecer superficiais, por isso, responda com propriedade e fundamente como você poderá agregar valor a empresa trazendo benefícios e lucros. Na dúvida, ressalte suas qualidades e se mostre destemido para enfrentar os problemas. Recorrer mais uma vez a seu histórico profissional e mostrar bons exemplos de problemas vencidos pode ser uma boa saída.

10º Qual é a sua pretensão salarial?
Muito, muito, muito cuidado com sua resposta! De acordo com pesquisas realizadas, essa questão é o principal fator de eliminação dos processos seletivos. Antes de citar um valor, comente sobre seu último salário e seus benefícios e indague o entrevistador sobre a média de ganhos e benefícios pagos para o cargo. Vale ressaltar que, dependendo do emprego, é muito mais vantajoso ganhar um pouco menos se os benefícios e horários forem mais atrativos e flexíveis. Antes de estabelecer um valor, nossa dica é que você pesquise a faixa média salarial para o cargo em questão. Em tempos de “pós-crise”, flexibilidade é a palavra-chave.

Lembre-se que nervosismo antecipado só atrapalha o bom andamento do processo. Fique calmo, escute o que o entrevistador fala e formule suas respostas da maneira mais objetiva possível.

Seguindo nossas dicas as chances de você conseguir o emprego aumentarão consideravelmente. E não se esqueça: para conseguir entrevistas você precisa antes de tudo que seu currículo seja visto. Cadastre-se na Manager e tenha acesso a milhares de vagas além da possibilidade de ser encontrado por centenas de empresas! Caso já tenha cadastro, verifique aqui se há vagas com seu perfil.


por: Thiago Dantas.

You may also like...

Deixe uma resposta