Cresce o número de contratações de profissionais com deficiências

Já falamos algumas vezes a respeito da inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O processo, que deveria ser simples, acaba se tornando um verdadeiro desafio: de um lado as empresas alegam que não encontram profissionais com os requisitos necessários; de outro, nota-se que nem todas as organizações tem seus espaços adaptados para receber profissionais com deficiência.

Todavia parece que as coisas estão melhorando. De acordo a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego na última terça-feira (19/09/2012), cerca de 19.278 novas vagas de empregos foram ocupadas por pessoas com deficiência no ano passado. O número reflete um crescimento de 6,3% em relação a 2010.

Relativo aos rendimentos, o salário médio dos profissionais com deficiência foi de R$ 1.891,16. Restringindo apenas para atuantes com nível superior completo, os valores chegavam a R$ 5.900,70 (para pessoas com deficiência visual) e R$ 5.860,54 (pessoas com deficiência auditiva).

Outro dado interessante que o estudo constatou foi que de todos os 325.291 empregos formais gerados, cerca de 136.077 das vagas foram preenchidas por pessoas com o ensino médio completo, ao passo que apenas 39.651 das oportunidades foram para profissionais com deficiências e curso superior completo.

por: Thiago Dantas.


Veja vagas para portadores de necessidades especiais.

You may also like...