Diretora de Operações do Facebook diz que “não nos sentimos confortáveis com mulheres no poder”

Sheryl Sandberg é hoje uma das mulheres mais poderosas do mundo. Dona do cargo de Diretora de Operações do Facebook, Sandberg, de 43 anos, conta sua trajetória no livro “Faça Acontecer”, lançado pela Companhia das Letras.

Os pontos mais interessantes da obra são sua vida profissional e a reflexão que ela propõe acerca do papel da mulher no mercado de trabalho. Para a executiva, as pessoas ainda não se sentem confortáveis com mulheres no poder. Segundo ela, se uma mulher assume a posição de líder é comum que seus subordinados a tachem como sendo agressiva – sendo que quando um homem age da mesma maneira ele não é considerado assim.

Na opinião de Sheryl um bom chefe precisa conquistar a empatia e o respeito das pessoas – e mulheres, em geral, tem mais dificuldade em conseguir ambos porque muitas pessoas ainda sustentam em suas mentes o esteriótipo de que “o sexo frágil” devem nutrir, ajudar e cuidar dos outros, enquanto os homens devem ser poderosos. Segundo Sandberg, esse fato reverbera até em momentos em que a dinâmica de poder mantém o homem no topo, uma vez que, na concepção dela, mulheres penam muito mais para conseguir aumentos – já que não basta dizer que “devo ganhar mais porque mereço” e sim provar com pontos objetivos essa razão.

O que Sheryl conta, aliás, deve ser aplicado tanto para homens quanto para mulheres. Se você tem em mente pedir um aumento, explique a razão de merecê-lo pontuando como você ajudou/vai ajudar a empresa a crescer e também como você é importante para sua equipe.

por: Thiago Dantas.


Acesse o site da Manager Online e cadastre seu currículo! Todos os dias milhares de novas vagas são adicionadas. Confira aqui as oportunidades abertas.

You may also like...