A eficiência do recrutamento online

Recrutamento Online

A cada dia que passa o recrutamento online ganha mais espaço entre os candidatos e as empresas contratantes.

Dentre as inúmeras vantagens oferecidas por essa ferramenta podemos destacar a rapidez e a praticidade: basta hospedar o currículo na rede, verificar vagas compatíveis com seu perfil e enviar seu currículo para as empresas! A economia de tempo para o candidato é notável e como já dissemos aqui as empresas também tem aderido por esse tipo de seleção pela praticidade oferecida.

Em pesquisa realizada com executivos, verificamos que a grande maioria acredita na eficiência do serviço. Mesmo não sendo ainda uma prática constante, 54,4% dos entrevistados afirmam que têm o hábito de procurar emprego pela Internet e a grande maioria (97,8%) acredita que a Internet proporciona o aumento de oportunidades. Apenas 12 dos entrevistados não concordam que a busca de empregos pela internet possa oferecer boas oportunidades no mercado de trabalho.

por: Thiago Dantas.

Executivos acreditam na

eficiência do recrutamento

online

por João Luiz de Andrade

Guimarães

Apesar de recente, o

recrutamento online,

devido a suas inúmeras

vantagens, como maior

rapidez e praticidade, – é

só hospedar o currículo na

rede e avaliar as vagas

que os sites selecionam –

vem substituindo cada vez

mais a busca convencional,

que acabava exigindo mais

tempo do candidato. E os

executivos têm mostrado

que estão dispostos a se

adaptar aos avanços da

nova economia.

Apesar de não ter se

tornado prática constante

na vida de todos eles –

dos 548 entrevistados, 298

(54,4%) têm o hábito de

procurar emprego pela

Internet enquanto que 250

(45,6%) ainda não adotaram

tal recurso com freqüência

-, a grande maioria – 536

(97,8%) – acredita que a

Internet proporciona o

aumento de oportunidades.

Somente 12 dos

entrevistados não

concordam que o cadastro

em sites de empregos possa

oferecer-lhes maiores

oportunidades no mercado

de trabalho.

You may also like...

Deixe uma resposta