Envelhecimento abre mercado

geriatria - idosos - empregos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que cerca de 6,6% da população brasileira têm 65 anos ou mais enquanto 26% está na faixa de até 14 anos.  A projeção do IBGE é de que em 2050 o número de idosos corresponda a 22% do total de brasileiros, enquanto os jovens somarão 13%.

O aumento do número de pessoas com idade mais avançada deve-se principalmente aos avanços da saúde e tecnologia. Esse crescimento somado a constante busca por qualidade de vida abre um grande mercado para profissionais de fisioterapia, de educação física, de fonoaudiologia e, principalmente, de geriatria.

Atualmente há no Brasil 922 profissionais especializados em geriatria. De acordo com Sílvia Pereira, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, “para atender à demanda, seria necessário ter no país 5 mil geriatras”.

O preparo de um geriatra vai além da graduação. Após o curso, é necessário que o profissional faça residência em geriatria ou que faça cursos oferecidos nessa área pelos hospitais. Depois de 4 anos de concluir a faculdade, o médico pode realizar a prova na Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia para ganhar o título de geriatra. Os ganhos iniciais são os mesmos de qualquer outro médico: 3 salários mínimos.

Listamos abaixo algumas áreas que estão em crescente expansão graças ao aumento da população de idade mais avançada. Para verificar os anúncios, basta clicar na área de interesse.

Geriatria
Fisioterapia
Fonoaudiologia
Cuidador de idosos
Profissional de educação física

Vale lembrar que para ter acesso as vagas do site da Manager e poder enviar currículos é necessário cadastrar seu currículo.

por: Thiago Dantas.

You may also like...

Deixe uma resposta