Empregos 2011: Ministro do trabalho prevê a abertura de 3 milhões de vagas

Ministro do trabalho Carlos Lupi prevê a abertura de 3 milhões de vagas de empregos em 2011

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2010 o Brasil gerou 2,52 milhões de empregos com carteira assinada. A marca alcançou o título de recorde histórico da série, que foi iniciada em 1992, desbancando o ano de 2007 quando foram abertos 1,61 milhão de postos de trabalho.

O super positivo resultado fez com que Carlos Lupi, ministro do trabalho, ficasse entusiasmado o suficiente para alçar uma nova meta: criar 3 milhões de empregos em 2011.

Segundo especialistas, os setores que mais criarão vagas de empregos serão o de serviços, comércio, indústria de transformação e construção civil. Esse último, aliás, é uma das grandes apostas para 2011: puxado por grandes eventos como as Olimpíadas de 2016 e a Copa do Mundo de 2014, é certo dizer que a demanda por bons profissionais da área crescerá – e muito neste ano.

Além do aumento substancial no número de vagas, o bom momento do mercado de trabalho também poderá ser sentido no que se refere a questão da renda. Tudo porque com a criação de postos de trabalho o número de profissionais qualificados diminuirá; como consequência as empresas oferecerão maiores salários e benefícios ou mesmo treinarão suas próprias equipes.

Ao que tudo indica, 2011 começou como um dos anos mais promissores dos últimos tempos. Sorte dos trabalhadores que serão mais valorizados e, de certo, encontrarão melhores vagas de emprego.

por: Thiago Dantas.


Já cadastrou seu currículo na Manager Online? Cadastre-se agora e tenha acesso a milhares de vagas de empregos!

 

You may also like...

Deixe uma resposta