Como comer bem no trabalho

Acordar cedo. Pegar trânsito. Participar de reuniões. Atender clientes. Almoçar. Trabalhar. Elaborar relatório. Trabalhar mais um pouco. Pegar mais trânsito. E, finalmente, voltar para casa.

Se nossos hábitos cotidianos já não são mais os mesmos, nossos hábitos alimentares também se transformaram. Na correria do dia a dia “comer bem” virou um desafio para aqueles que trabalham fora de casa. O tempo minguado, a pressa e a facilidade de snacks e afins modificaram totalmente a rotina de muitos profissionais. A saúde, que deveria ser a preocupação essencial, acaba sendo colocada em segundo plano. Como consequência, há mais cansaço, falta de pique e concentração. E, o pior de tudo, é que às vezes a pessoa sequer percebe as razões disso. A fim de reverter esse quadro, elaboramos algumas dicas que podem ajudá-lo a encarar o dia com mais ânimo e vigor.

Se o local em que você trabalha dispõe de refeitório, geladeira e microondas, não hesite em trazer de casa seu almoço. Dessa forma, você mesmo poderá elaborar uma refeição balanceada e mais saudável com os legumes, verduras, carboidratos e proteínas que você precisa.

Caso trazer seu próprio almoço seja uma opção impraticável, lembre-se sempre que é possível comer bem mesmo na rua. Evitar junkie-food, montar saladas com ingredientes variados e deixar o prato “colorido” são pequenas decisões que podem deixar tudo mais rico e gostoso.

Se você é daqueles que sentem muito sono ou uma preguiça demasiadamente grande após comer, saiba que essa sensação tem nome: alcalinidade pós-prandial. Isso acontece porque sua circulação se dirige mais para seu aparelho digestivo do que ao restante do seu corpo, fazendo com que você fique menos “esperto” e mais lento. Para eliminar – ou amenizar – esses sintomas, é necessário maneiras na quantidade que anda comendo.

Caso tenha vontade de doce recorrentemente, saiba que esse tipo de “desejo” pode estar intimamente atrelado com a privação de carboidratos – como pães, arroz, batata e massas -. Por isso, estruture suas refeições da melhor maneira possível.

Além de pensar em seu almoço, tenha em mente que lanches avulsos também são importantes. Nutricionistas recomendam que o indivíduo faça cerca de seis refeições por dia, espaçadas por períodos de três horas (café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde, jantar e cesta). Por essa razão, tenha sempre à sua disposição biscoitos com fibras, torradas, grãos, iogurtes, barrinhas de cereais, frutas e sucos.

Seguindo nossas dicas, você vai ter muito mais energia para aproveitar o dia e trabalhar melhor, e terá muito mais saúde para aproveitar a vida.

por: Thiago Dantas.


Procurando emprego? Cadastre seu currículo na Manager Online!

You may also like...