Brasil cria 150.334 empregos formais no último mês

 

No último ano o Brasil bateu recorde no que se referia a geração de empregos: cerca de 2.079.188 vagas foram abertas entre janeiro e dezembro de 2010. O excelente índice fez com que especialistas, profissionais e a população, de forma geral, ficasse animada com o que estaria por vir em 2012.

Hoje, faltando pouco mais de dois meses para o fim do ano, é notável que a boa fase do mercado de trabalho permanece. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), entre janeiro e setembro foram criadas 1.574.216 postos de trabalho – caracterizando uma expansão de 4,15% no nível de emprego.

Falando especificamente sobre o último mês, de acordo com o Ministério do Trabalho, foram gerados 150.334 novos empregos – o que corresponde a um aumento de 0,39% em comparação ao mês anterior.

Os setores que mais contrataram foram o da indústria de transformação (55.221 vagas), comércio (35.919 vagas) e construção civil (10.175 vagas). Em contrapartida, a agricultura, por motivos sazonais, foi a única área de trabalho que apresentou queda (demitindo 19.014 pessoas). Geograficamente falando, as regiões que se saíram melhor no ranking de empregos foram a Nordeste (71.246 empregos), Sudeste (43.749 vagas) e a Centro-Oeste (5.414).

Para Rodolfo Péres Torelly, secretário de Políticas Públicas de Empregos, o que se tem até aqui é a expansão de empregos. E, ao que tudo indica, é o que continuará a ocorrer nos próximos meses.

por: Thiago Dantas.


Cadastre seu currículo na Manager Online e tenha acesso a ótimas oportunidades de emprego!

You may also like...